Chanel em Havana

Cuba nunca esteve tão fashionista. Na noite desta terça-feira (03.05), em Havana, capital de Cuba, foi realizado o desfile da Maison Chanel, trazendo sua coleção Cruise 2017.

 

Em um desfile histórico, que não via nenhum tipo de produção de moda internacional desde que o regime socialista se instalou em 1959, a grife reuniu fashionistas e celebridades em peso para o show, como Gisele Bundchen e seu marido Tom Brady, além de ter nas passarelas a estréia do neto de Fidel Castro como modelo.

Karl Lagerfeld, diretor criativo da maison francesa, elegeu o país da América Latina como inspiração: a nação passa por um momento histórico que tem atraído olhares graças a eventos como a visita de Obama, o show dos Rolling Stones e a chegada do cruzeiro americano Adonia, primeiro a aportar na cidade depois de quase 40 anos de embargo.

A Chanel foi a primeira grande casa de moda a enviar modelos para passarelas em Cuba, destacando as renovadas relações com o Ocidente. O show exclusivo também é um lembrete das novas desigualdades na ilha comunista.Karl Lagerfeld, na direção criativa da Chanel desde 1983, disse que sua mais recente coleção intersazonal foi inspirada nas “riquezas culturais e na abertura de Cuba”.

O que achou? Deixe seu comentário abaixo:

comentários